sexta-feira, 15 de outubro de 2021

UNIFEI R$53 MILHÕES DO ESTADO DE MINAS GERAIS PARA APLICAÇÃO NA EDUCAÇÃO PÚBLICA

O reitor da UNIFEI, professor Edson Bortoni, com o governador de Minas Gerais, Romeu Zema; o prefeito de Itajubá, Christian Gonçalves; o deputado estadual Dalmo Ribeiro e seu assessor Felipe Ribeiro

A Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI) acaba de receber, da Secretaria Estadual de Educação (SEE) de Minas Gerais, recursos da ordem de R$ 53 milhões, que serão direcionados a projetos previamente enviados à Secretaria, para investimentos no Ensino Superior, com desdobramentos para aplicação na Educação Pública.

Detalhadamente, os projetos aprovados resultam em montantes financeiros de quase R$ 9 milhões para o Centro de Educação (CEDUC) no campus da UNIFEI em Itabira, que inclui autossustentabilidade, sistema de refrigeração e painéis fotovoltaicos para alimentação energética, além de 15 milhões para a criação do novo Centro de Empreendedorismo (CEU) da UNIFEI para os campi de Itajubá e Itabira.

O projeto Inova Educação também foi beneficiado com recursos de mais de R$ 10 milhões. Por meio das estruturas montadas no campus da UNIFEI em Itajubá, haverá ampliação da parceria com as escolas públicas da região, viabilizando ações de melhoria do ensino básico por meio de práticas educativas inovadoras em Ciências e Matemática. Além disso, foi aprovado o Edifício Educacional, composto por salas de aula e anfiteatro, bem como por mobiliário, com recursos de quase R$ 10 milhões

Nesse momento de pandemia e estabelecimento de um novo normal, a UNIFEI contribui significativamente com o desenvolvimento de um laboratório remoto de Ciências, isto é, que pode ser acessado através da internet por qualquer pessoa localizada em diferentes partes do mundo. O projeto inclui a construção e reforma de um espaço para ampliação do acervo do atual laboratório remoto de Física (disponível em https://labremoto.unifei.edu.br), tanto com relação à quantidade de experimentos disponíveis quanto à sua abrangência.

O laboratório irá contemplar as principais áreas das Ciências, ligadas aos cursos de licenciaturas dos campi da UNIFEI, e passará a se chamar Laboratório Remoto de Ciências. A ideia, em princípio, é que as novas instalações estejam localizadas em Itabira, mas o projeto pode ser facilmente replicado no campus de Itajubá. Este projeto recebeu recursos da ordem de R$ 6,5 milhões.

Finalmente, recursos da ordem de R$ 3 milhões serão destinados para a construção de um Concha Acústica na ilha do lago da UNIFEI em Itajubá, viabilizando atividades artísticas e culturais. Sendo assim, atividades de cultura, em alto nível, estarão acessíveis não somente aos alunos do Ensino Básico da cidade e região, mas também a toda a sociedade itajubense.

Segundo o vice-reitor da UNIFEI, professor Antonio Carlos Ancelotti Jr., “estes foram resultados financeiros importantes, que marcam o início desta gestão, com um maior alinhamento com as gestões políticas do município, estado e país. Em menos de um ano de gestão, essa administração já obteve conquistas significativas além do orçamento da Universidade”.

O professor Edson da Costa Bortoni, reitor da UNIFEI, destacou o apoio conseguido com a mobilização de vereadores, deputados estaduais e federais, culminando em reuniões com o governador e o vice-governador de Minas Gerais. “Grande parte destes recursos se deve à atuação dos deputados Eros Biondini, Dalmo Ribeiro e Bilac Pinto. Os deputados Lincoln Portela e Dr. Paulo também tiveram ações importantes, sem as quais nada disso seria obtido”, reconheceu o reitor.

Ele ressaltou também a ação dos prefeitos de Itajubá e de Itabira, Christian Gonçalves e Marco Antônio Lage, respectivamente, cujas influências foram importantes para a aprovação desses projetos. Prova disto foi a reunião viabilizada pelo deputado estadual Dalmo Ribeiro com o governador de Minas Gerais, Romeu Zema, na qual o prefeito de Itajubá e o reitor da Universidade se fizeram presentes.

Da mesma forma, o prefeito de Itabira teve uma reunião com o vice-governador do Estado, Paulo Brant, na qual pôde manifestar a excelência das petições. “Enfim, o trabalho de muitos, incluindo o pessoal da nossa gestão, professores e técnicos administrativos da nossa Universidade, permitiu que obtivéssemos essa importante e marcante vitória para a UNIFEI”, disse o reitor.

“Como sempre digo, longe de qualquer polarização política, o nosso objetivo é alcançar a excelência em ensino, pesquisa e extensão. Somente assim faremos jus aos nossos salários, sustentados pelos impostos pagos pela sociedade brasileira, mantendo nossa universidade pública, gratuita e de qualidade, como retorno agradável para a própria sociedade brasileira. Qualquer coisa, além disso, não coaduna com os dizeres de nosso fundador, Theodomiro Carneiro Santiago, que sintetizam a nossa missão: ‘Revelemo-nos mais por atos do que por palavras, dignos de possuir esse grande país’”, completou o professor Bortoni.

ALFENAS RECEBE 1ª PARADA PET COM SERVIÇOS GRATUITOS PARA CÃES E GATOS

Evento, organizado pela OA Eventos, acontece no dia 15 de outubro, das 8h às 12h, na Praça Getúlio Vargas

Alfenas recebe, no dia 15 de outubro (sexta-feira), a 1ª Parada Pet com desfile, apresentações e serviços gratuitos para cães e gatos. O evento, organizado pela OA Eventos, empresa do Grupo EP, acontece das 8h às 12h, na Praça Getúlio Vargas, em frente à Igreja Matriz. A entrada é gratuita.

Os serviços oferecidos gratuitamente para a população durante o evento incluem agendamento de castração, vacinação contra a raiva, orientação e dicas sobre cuidados com os animais de estimação, orientação odontológica canina e pesagem dos animais.

Com o objetivo de aproximar ainda mais os pets e donos, a programação também inclui apresentações e o Desfile Pet, onde os bichinhos podem brilhar na passarela e concorrer a Miss ou Mister Parada Pet Alfenas 2021.

A manhã de diversão para toda a família fica completa com o Espaço Pet Diversão, onde os animais de estimação podem brincar e socializar; o Espaço Kids, que oferece brincadeiras, pipoca e algodão doce para as crianças; e a feira de adoção.

No dia do evento, quem fizer a doação de 1 kg de ração receberá um brinde exclusivo da Parada Pet. Toda a arrecadação será revertida às entidades de assistência animal de Alfenas.

Sobre o evento
Realizada pela O.A. Eventos, empresa do Grupo EP, a Parada Pet Alfenas é uma iniciativa da EPTV e conta com patrocínio da Prefeitura Municipal de Alfenas e da Universidade José do Rosário Vellano (UNIFENAS).

O evento é apoiado pelo Programa de Saúde dos Animais de Alfenas (PROSAN) e Hospital de Cães e Gatos de Alfenas (CISAMA), além de contar com apoio de mídia do portal de notícias g1.

Obedecendo às normas contra a Covid-19 estabelecidas pelas autoridades sanitárias e com o objetivo de garantir a saúde e bem-estar de todos, a 1ª Parada Pet de Alfenas contará com totens de álcool em gel, aferição de temperatura e distribuição de máscaras no local.

Serviço – 1ª Parada Pet Alfenas (MG)

Data e horário: 15 de outubro (sexta-feira), das 8h às 12h

Local: Praça Getúlio Vargas (em frente à Igreja Matriz)

Entrada gratuita

FISCALIZA+: AGOSTINHO PATRUS ANUNCIA PROJETO QUE APRIMORA FISCALIZAÇÃO DO ESTADO

Iniciativa pioneira vai monitorar serviços públicos com foco em indicadores; anúncio aconteceu em ato pela redução das mortalidades materna e neonatal em Minas

O presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), deputado Agostinho Patrus (PV), anunciou, nesta quinta-feira, dia 14, um novo projeto de aprimoramento da fiscalização de políticas públicas executadas pelo Governo do Estado, o Fiscaliza+. A iniciativa – que não encontra precedentes na gestão pública nacional – visa estabelecer o monitoramento de indicadores relativos à prestação de serviços públicos como saúde, educação e segurança, entre outros.

“É indispensável a construção de um sistema fidedigno de informações, de monitoramento e de avaliação das políticas públicas que proporcione mudar o que está dando errado e aperfeiçoar o que está dando certo. Nós vamos instituir marcadores e índices para que as diversas áreas do Estado possam ser monitoradas”, afirmou Agostinho Patrus.

O anúncio aconteceu durante ato que marcou a adesão do Legislativo mineiro à Aliança Nacional para o Parto Seguro e Respeitoso, promovida pela Sociedade Brasileira para a Qualidade do Cuidado e Segurança do Paciente (Sobrasp). No evento, o presidente da ALMG assinou uma carta-compromisso que defende medidas legislativas para a redução das mortalidades materna e neonatal em Minas Gerais.

“A Assembleia vai cobrar, legislar e atuar em todas as frentes para que não vejamos mais em Minas Gerais tantas mortes evitáveis de mães e recém-nascidos. Se almejamos um tempo em que os direitos à saúde e à vida de todas as mulheres e de seus filhos sejam integralmente garantidos pelo Estado, este compromisso que hoje assinamos, sem dúvida, permitirá que esse dia chegue o mais rápido possível”, ressaltou Patrus.

Participaram da solenidade a presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher, Ana Paula Siqueira; a diretora do Centro Latinoamericano de Perinatologia da Organização Mundial da Saúde (OMS), Suzanne Serruya; a promotora de Justiça e coordenadora regional das Promotorias de Justiça de Defesa da Saúde da Macrorregião Centro do Ministério Público de Minas (MPMG), Vanessa Campolina; a assessora do Centro de Apoio Operacional de Saúde das Promotorias de Justiça do MPMG (Cao-Saúde), Marcela Damares; o presidente da Comissão de Saúde, deputado João Vitor Xavier; o presidente da Sobrasp e coordenador do Proqualis Fiocruz, Victor Grabois; além de dezenas de deputadas e deputados e outros importantes representantes da sociedade civil.

Minas tem a pior taxa de mortalidade neonatal do Sudeste
Segundo a OMS, em todo o mundo, 830 mulheres morrem, diariamente, de causas evitáveis relacionadas à gravidez e ao parto. Anualmente, são 2,5 milhões de crianças que vêm a óbito no primeiro mês de vida.

No Brasil, o cenário não é diferente, sobretudo no contexto da pandemia de covid-19. Segundo Suzanne Serruya, da OMS, o país é destaque negativo em mortes maternas pela doença. De acordo com a especialista, a mortalidade aumentou em todas as regiões brasileiras, inclusive entre mulheres sem risco. A situação ainda foi agravada porque os serviços de atenção à gestante diminuíram cerca de 40% durante a pandemia. “As mulheres ficaram sem atenção e não tinham para onde ir. Vimos peregrinação e morte nas ambulâncias e estradas”, contou.

No território mineiro, as estatísticas também são preocupantes. De acordo com o Ministério da Saúde, Minas é o Estado da região Sudeste com a pior taxa de mortalidade neonatal. Em 2019, foram registrados 2.086 óbitos neonatais, ou seja, aproximadamente 9 óbitos de recém-nascidos a cada mil crianças mineiras nascidas vivas. Dessas perdas, 57% foram de neonatos negros (pretos ou pardos) e indígenas.

Em relação à mortalidade materna, foram 115 óbitos em 2019, em Minas Gerais, ou 45 óbitos maternos por 100 mil nascidos vivos, valor 50% acima da meta fixada pelo Brasil na OMS. Para atingir o objetivo nacional, Minas deve reduzir em 1/3 o contingente de óbitos maternos. Em relação à raça e à etnia, é crescente a porcentagem de mulheres pretas, pardas e indígenas entre os óbitos maternos. Em 2019, 67% das mães que vieram a óbito eram desses grupos.

Segundo dados apresentados pela promotora do MPMG, Vanessa Campolina, em Minas Gerais, 64% das mortes de crianças com menos de um ano de idade ocorrem por causas evitáveis, assim como 91% das mortes maternas. “Estamos perdendo crianças e mulheres por graves violações de direito. O sistema é falho”, alertou.

Na oportunidade, o presidente da ALMG, deputado Agostinho Patrus, reforçou que a Assembleia de Minas atua com profundo respeito às mulheres e às questões femininas. “Nós não podemos deixar que algo natural como a reprodução humana seja para as mulheres mais carentes, negras e em situação de vulnerabilidade um risco além daquilo que é aceitável nos países mais desenvolvidos do mundo”, defendeu.

VIA CAFÉ GARDEN SHOPPING É FINALISTA NO PRÊMIO ABRASCE 2021


O Via Café Garden Shopping é um dos finalistas ao Prêmio Abrasce, iniciativa criada pela Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce) que reconhece e incentiva projetos desenvolvidos por shopping centers e grupos corporativos de todo o Brasil. Em 2021, o centro de convivências concorre na categoria Campanhas e Projetos Virtuais com o Debate nas Eleições de 2020 – Candidatos a Prefeito de Varginha, no Sul de Minas. A premiação dos melhores projetos do setor ocorrerá no dia 28 de outubro, e será transmitida ao vivo pelas redes sociais da Abrasce.

O projeto do Via Café foi promovido em 2020, ano de realização das últimas eleições municipais e, tendo em vista que em Varginha não houve debate entre os candidatos a prefeito transmitido pela televisão, a iniciativa foi criada pelo shopping como forma de oferecer à população uma oportunidade de tirar as últimas dúvidas e decidir em qual candidato deveria votar para governar a cidade. O debate foi transmitido ao vivo pelo canal do Youtube do Via Café Garden Shopping.

Esta é a terceira vez que o empreendimento é finalista do Prêmio Abrasce e de acordo com o gerente de vendas e marketing do shopping, Leonardo Andrade, estar entre os melhores projetos do Brasil evidencia o trabalho diário do Via Café em proporcionar à população local, experiências que vão além da jornada de compras.

“O Via Café é um shopping com apenas cinco anos de operações, mas que, desde a inauguração, se propôs a oferecer para os clientes do Sul de Minas muito mais do que cultura e lazer, mas, sobretudo, desenvolvimento. Este projeto foi executado por acreditarmos que os debates fazem parte do processo democrático em qualquer eleição e, por isso, resolvemos deixar o nosso espaço aberto aos candidatos a prefeito para que pudessem usar a nossa estrutura e terem a oportunidade de expor as suas ideias. Desta forma, acreditamos que é a população varginhense é que foi a maior beneficiada”, avalia.

Protocolos de segurança
Comprometido com o bem-estar do cliente, o Via Café Garden Shopping incorporou à sua rotina, um rigoroso protocolo de higienização e segurança, que garante tranquilidade a seus frequentadores. O novo padrão de cuidados inclui o uso obrigatório de máscaras, sinalização indicativa para o distanciamento seguro e fluxo de pessoas, limitação do número de pessoas dentro do espaço e das lojas, automatização de estruturas de uso comum e a higienização periódica de sanitários, mesas e pisos com álcool gel 70%.

PREFEITURA DE RIBEIRÃO DAS NEVES FINALIZA ILUMINAÇÃO PÚBLICA EM TRECHO DA LMG-806

Moderno sistema de telegestão, implementado por IP Minas, permite monitoramento online da iluminação pública na rodovia estadual mineira LMG-806

Em Ribeirão das Neves, cidade localizada na região metropolitana de Belo Horizonte, com apenas um clique, 186 postes da iluminação pública foram acionados na movimentada rodovia estadual mineira LMG-806.

O motivo da agilidade é a instalação do moderno sistema de telegestão, que foi implantado em todo parque de iluminação pública da cidade pelo consórcio IP Minas, formado pelas empresas Quantum Engenharia e Fortnort. O processo de modernização dos sistemas de iluminação pública é caracterizado, entre outras coisas, pela implantação de luminárias LED e da ferramenta da telegestão, ou seja, um sistema que permite maior controle e mais eficiência nas manutenções.

Com a utilização desta nova ferramenta em Ribeirão das Neves, agora é possível fazer o monitoramento online de todo o trecho da rodovia, e ainda em tempo real. Isso garante, por exemplo, entre outras vantagens, rapidez na manutenção dos equipamentos que apresentam falhas.

A obra completa foi entregue no dia 1º de outubro de 2021, na qual foram instalados 186 postes, com 368 luminárias de LED e 6.300 metros de cabo concluindo a modernização da iluminação pública na rodovia LMG 806. A finalização do trabalho proporciona muito mais segurança para pedestres, motoristas e usuários do transporte coletivo. Ao todo, o projeto elaborado para a rodovia estadual tem 7,5 km de extensão.