sexta-feira, 24 de junho de 2022

BOM SUCESSO VAI GANHAR AVENIDA DO CONTORNO


Após minuciosos estudos técnicos realizados pela administração municipal, com o intuito de tirar o trânsito pesado do Centro da cidade, a Prefeitura de Bom Sucesso, no Sul de Minas, publicou nesta terça feira, dia 21, o edital do processo licitatório para contratação de empresa especializada para a pavimentação asfáltica da nova Avenida do Contorno. Ela ligará a Rua Aurélio Ferreira Guimarães no Bairro São Judas a Rodovia MG-332, passando pelo Corrêgo Cambuí, cuja extensão é de 2,5 km.

O tráfego pesado tem causado grandes transtornos a população, principalmente os moradores de diversas vias urbanas, onde trafegam diariamente inúmeros veículos pesados desde o desvio do trânsito da Praça Benjamim Guimarães, causado pelos problemas ocorridos na estrutura da Igreja Matriz cujas obras ainda encontram em andamento.

As obras da nova Avenida do Contorno tem prazo de conclusão em até 180 dias e estão orçadas em R$ 2.150.000,00, com os custos da pavimentação, sinalização e construção da ponte do Corrêgo Cambui. Essas obras serão custeadas com recursos do acordo da Vale, referente ao Termo de Medidas de Reparação de Brumadinho, dentro do Programa de Apoio do Desenvolvimento Municipal assinado com o Governo de Minas e recursos próprios do município.

Segundo o prefeito Beto e o vice Gatão, a construção da Avenida do Contorno, irá resolver o problema dos veículos pesados que trafegam dia e noite por diversos bairros da cidade com destino a Barbacena e Juiz de Fora, na Zona da Mata e Rio de Janeiro.

Além disso, irá contribuir para um melhor escoamento da produção agropecuária, abertura de novas indústrias as margem da avenida, onde hoje já funciona a Cooperativa Celeiro Mineiro e o surgimento de novos empreendimentos imobiliários naquela região.

TSE LANÇA SISTEMA PARA RECEBIMENTO DE DENÚNCIAS SOBRE DESINFORMAÇÃO

Eleitoras e eleitores poderão comunicar à Justiça Eleitoral o recebimento de notícias falsas que envolvem as eleições



O TSE lançou, nessa terça-feira, dia 21 de junho, o Sistema de Alerta de Desinformação Contra as Eleições. Por meio da ferramenta, cidadãs e cidadãos poderão comunicar à Justiça Eleitoral o recebimento de notícias falsas, descontextualizadas ou manipuladas sobre o processo eleitoral brasileiro.

Veja vídeo sobre a nova ferramenta.

O presidente do TSE, ministro Edson Fachin, anunciou que “A partir de agora, qualquer pessoa poderá acessar esse sistema, que já está disponível no site do Tribunal Superior Eleitoral, e reportar episódios envolvendo a circulação de notícias falsas, portadoras de inverdades sobre o sistema eleitoral brasileiro, que atentem contra a imagem de segurança e integridade do processo de votação e que possam afetar a normalidade do pleito eleitoral”.

Nas Eleições Municipais de 2020, o canal exclusivo da Justiça Eleitoral com o WhatsApp – que integrava parte do memorando de entendimento firmado entre a empresa e o TSE – recebeu mais de 5.229 denúncias de comportamentos inautênticos. Por meio da iniciativa, o aplicativo de mensagens baniu 1.042 contas que fizeram disparos em massa naquele pleito.

“Se em 2020 a parceria foi com apenas uma plataforma e obtivemos resultados tão expressivos, não podemos deixar de ressaltar o importante avanço que representa a criação deste sistema, que conta com todas as plataformas parceiras da Justiça Eleitoral no enfrentamento à desinformação”, analisou o presidente do TSE.

Atualmente, o Tribunal Superior Eleitoral mantém acordos de cooperação com as plataformas digitais Google Brasil, YouTube, Facebook, Instagram, WhatsApp, Telegram, Kwai, TikTok, LinkedIn, Twitter e Spotify.

O ministro agradeceu as empresas pela contribuição à democracia brasileira e enfatizou que o protagonismo no combate à propagação de narrativas falsas é das cidadãs e dos cidadãos brasileiros. “Com isso, reitero que a Justiça Eleitoral está preparada para conduzir as Eleições de 2022 de forma limpa e transparente, como tem feito nos últimos 90 anos”, disse.

Acesse o Sistema de Alerta de Desinformação Contra as Eleições.

Agilidade no combate à desinformação
O objetivo da nova funcionalidade é promover mais agilidade no combate aos efeitos da propagação de fake news sobre as eleições ou sobre o sistema eletrônico de votação, que impactam negativamente a democracia do país.

As denúncias serão repassadas às plataformas digitais e agências de checagem parceiras da Corte Eleitoral no Programa de Enfrentamento à Desinformação para rápida contenção do impacto provocado pela a disseminação desse tipo de conteúdo na internet. Dependendo da gravidade do caso, os relatos recebidos também poderão ser encaminhados ao Ministério Público Eleitoral (MPE) e outras autoridades para adoção das medidas legais cabíveis.

O recebimento de denúncias é uma parceria entre o TSE e as plataformas, cabendo ao Tribunal apenas repassar as suspeitas.

O que pode ser denunciado
No Sistema de Alerta de Desinformação, o eleitorado poderá reportar informações equivocadas sobre a participação nas Eleições Gerais de 2022, como distorção dos horários, locais e documentos exigidos durante a votação, por exemplo.

Também será possível comunicar o uso de contas falsas que utilizem a imagem da Justiça Eleitoral para compartilhar materiais enganosos relativos ao pleito e postagens com discurso de ódio ou qualquer tipo de incitação à violência que visem atacar a integridade eleitoral e os agentes públicos envolvidos no processo.

A ferramenta receberá ainda denúncias de ameaças às seções eleitorais, cartórios ou prédios da Justiça Eleitoral e de informações não verificadas sobre supostas fraudes eleitorais, adulteração e contagem de votos ou certificação dos resultados da eleição.

Para utilizar o sistema, basta descrever o ocorrido, assinalar a plataforma onde a mensagem circulou e, se houver, informar o link da postagem com o conteúdo falso ou ofensivo.

O que não pode ser denunciado
Como o objetivo da ferramenta é coletar informações sobre mentiras relativas às eleições e ao sistema eleitoral que possam gerar prejuízo à democracia, condutas inadequadas de candidatos e candidatas não devem ser feitas no Sistema de Alerta de Desinformação.

Infrações eleitorais relacionadas à propaganda eleitoral ou mensagens desinformativas contra candidaturas deverão ser reportadas no aplicativo Pardal, que também já está disponível para download na Google Play e na Apple Store.

*Da assessoria do TSE.

POUSO ALEGRE RECEBE 1ª EDIÇÃO DO VIVA COMUNIDADE


A Arteris promove o Viva Comunidade, programa cultural, com atividades gratuitas de cidadania, saúde e bem-estar para a população da região de Pouso Alegre. Entre as ações disponibilizadas à população estão orientações psicológicas, nutricionais e esportivas, exames de saúde e segurança no trânsito, corte de cabelo, aula de dança e muito mais.

As ações do Viva Comunidade acontecem nos dias 24 (sexta-feira) e 25 (sábado), na Praça Senador José Bento no centro de Pouso Alegre/MG. Nos dois dias, moradores da cidade e da região participam de diversas atividades gratuitas, orientadas por profissionais das áreas de saúde, segurança, cultura, esporte e educação. Também haverá serviços como corte de cabelo, oficinas culturais, teatros e distribuição de pipoca e algodão doce.

Serviços de saúde
Os visitantes poderão realizar exames básicos como: aferição de pressão arterial, glicemia e IMC, exame de visão, orientação nutricional, odontológica e psicológica.

Orientações de Segurança
A população também receberá orientações sobre segurança viária, com o objetivo de alertar os condutores sobre as leis de trânsito e direção defensiva, e provocar mudanças de comportamentos visando a segurança de todos.

Para os motociclistas, haverá uma checagem nas condições das motocicletas, e higienização dos capacetes, e para os ciclistas, adesivação das bicicletas, além da instalação de antenas anticerol, que serão fornecidas gratuitamente.

Outras atividades
O evento também conta com espaço para o entretenimento, que inclui apresentações musicais e aula de dança. As crianças terão atenção especial no evento: estande destinado à educação para o trânsito e meio ambiente por meio do Projeto Escola e Viva Meio Ambiente Arteris, distribuições das revistas da Turma do Zé Quest, brinquedos infláveis, algodão doce e pipoca à vontade.

Teatro nas Escolas
Outra iniciativa promovida pela Arteris na região é a primeira edição do Projeto Teatro nas Escolas, que acontece em Careaçu, quinta-feira (23), com apresentações culturais da peça “A live do Zé Quest”, no Ginásio Poliesportivo da cidade, às 8h30 e às 13h45 – destinada a alunos e educadores. O espetáculo aborda temas fundamentais para a formação e o desenvolvimento das crianças, como segurança no trânsito, cidadania e meio ambiente.

Os projetos Viva Comunidade e o Teatro nas Escolas são iniciativas patrocinadas pela Arteris que reforçam seu compromisso com a sustentabilidade, premissa que embasa todas as tomadas de decisão da companhia. Seja na proteção da fauna, da flora ou de todas as vidas humanas que coexistem nas regiões onde a Arteris atua, a preservação e a valorização da vida são pilares fundamentais para a companhia.

A temporada 2022 do projeto está alinhada a quatro dos 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável do Pacto Global (ODS da ONU): 3 (Saúde e Bem-Estar); 5 (Igualdade de Gênero); 16 (Paz, Justiça e Instituições Eficazes) e 17 (Parcerias em prol das metas) e conta com o incentivo do Pronac (Programa Nacional de Apoio à Cultura). Saiba mais em www.vivacomunidade.com.br e no @vivacomunidadeofc

Serviço
Teatro nas Escolas
Peça “A Live do Zé Quest”
Data:
23 de junho
Local: Ginásio Poliesportivo de Careaçu/MG
Rua Jesuíno Silva, 138
Horário: 8h30 e 13h45

Viva Comunidade
Data:
24 e 25 de junho
Local: Praça Senador José Bento, centro de Pouso Alegre/MG
Horário: 10h às 17h

LAVRENSE É FINALISTA DO eFESTIVAL CANÇÃO 2022

Além de Ericcson Reis Júnior, outros três artistas do Estado de Minas Gerais estão entre os selecionados para a terceira fase do concurso, com votação popular pelo site até 10 de julho

Cassiano Luiz (Belo Horizonte), com “Sabor de Coisa Nossa”, categoria Público Geral; Rosana Souza Bragança (Belo Horizonte), “Plantando Canções”, e Babih Teixeira (Pompéu), “Dragões de Plástico”, na categoria Profissionais da Saúde; e Ericsson Reis Júnior (Lavras), com a banda Próximos Capítulos, com “Página”, na categoria Corretores de Seguros, são os artistas que representam o Estado entre os finalistas do eFestival Canção 2022. Minas Gerais tem o segundo maior número de candidatos classificados.

Os artistas selecionados agora seguem para a fase de votação popular e serão submetidos à avaliação do público no site do projeto, www.efestivalcancao.com.br, até o dia 10 de julho. Outro recurso para a escolha dos vencedores será através da interação dos fãs pelas redes sociais e o acompanhamento de entrevistas dos curadores do projeto com os concorrentes. Os vencedores serão conhecidos ao final das votações.

Com abrangência nacional, o eFestival recebeu neste ano inscrições de representantes de diversos estados brasileiros. O principal objetivo é revelar talentos da música e ampliar o acesso à cultura no Brasil.

Os vencedores terão a oportunidade de se apresentar ao lado de um consagrado artista nacional, realizar coaching com os curadores do festival e gravar um single com divulgação nacional, além de garantir prêmio em dinheiro para alavancar a carreira.

Precursora na valorização da cultura e no estímulo a novos talentos, a plataforma eFestival foi idealizada em 2001, sendo o primeiro projeto musical com interação via internet. Realizado pela Dançar Marketing, o eFestival Canção conta com patrocínio da SulAmérica.

CLIMA TENSO NA POLÍTICA DE TRÊS CORAÇÕES

Imbróglio: Vice rompeu com o prefeito, que foi cassado e então se tornou o prefeito; agora o ex-prefeito denunciou o atual prefeito que era seu vice

A Câmara Municipal de Três Corações acatou nesta segunda-feira, dia 20, a denúncia para investigar supostas infrações administrativas contra o prefeito Reinaldo Vilela Paranaíba Filho, Nadico, do PSL. O autor do pedido é o ex-prefeito José Roberto de Paiva Gomes, o Gordo Dentista, do PSD, que foi cassado por quebra de decoro em outubro de 2021 pela mesma Câmara Municipal.

O pedido foi aprovado por oito votos a favor e um contra. A Comissão Processante tem 90 dias para concluir as investigações.

Nadico Vilela era vice de Gordo Dentista e já nos primeiros meses da administração rompeu com o então

chefe do Executivo e cabeça da chapa que os elegeram.