quinta-feira, 5 de agosto de 2021

ROTEIRO “CAMINHOS DE SÃO TIAGO” É INAUGURADO OFICIALMENTE


Vários eventos marcaram os 72 anos de emancipação política e e administrativa de São Tiago, nas Vertentes, e o ponto alto foi a inauguração do roteiro turístico “Caminhos de São Tiago” em todos os onze municípios participantes. São Tiago fechou as celebrações inaugurando o trecho final no dia 25 de julho.

A inauguração contou com a assinatura e o recebimento das placas oficiais, passadas à mão do prefeito Alexandre Vivas pelo prefeito de Ritápolis Higino Zacarias, e a plantação de uma muda de Ipê, árvore símbolo do roteiro. Além disso, foram rendidas homenagens às pessoas que se dedicaram ao desenvolvimento do projeto e a benção pelo Pároco Sebastião Corrêa Neto.

Já na cerimônia, realizada através de live e transmitida pelas redes sociais, as autoridades presentes discursaram sobre a importância do “Caminhos de São Tiago” para a cultura e o turismo na região.

“Caminhos de São Tiago”
O “Caminhos de São Tiago” é um roteiro turístico que passa por onze municípios, saindo de Ouro Preto até chegar em São Tiago. Os 275 quilômetros poderão ser percorridos a pé, a cavalo, de bicicleta, moto ou automóvel 4x4.

Inspirado no “Caminho de Santiago de Compostela”, na Espanha, a rota promete belezas naturais, cultura e tradição local, além da espiritualidade.

O roteiro abarca três circuitos turísticos: Circuito do Ouro, Circuito Villas e Fazendas de Minas e a Trilha dos Inconfidentes.

Já com as placas de sinalização, o roteiro está pronto para ser percorrido.

COVID-19: ENTRE AS 10 MAIS POPULOSAS DO SUL DE MINAS, SÓ LAVRAS APRESENTA CRESCIMENTO NO NÚMERO DE MORTES


O número 33 do boletim IndCovid da Universidade Federal de Alfenas (UNIFAL-MG) informa que Minas Gerais iniciou a semana apresentando melhora na tendência de novas internações, indo de estabilidade para queda, no entanto, manteve estabilidade em novos casos e novos óbitos. Há grande diversidade de situações entre as regiões, indicando que o controle da pandemia ainda não está tão próximo. Atenção especial deve ser dada para a situação de territórios vizinhos, com permanente cuidado com as interações entre lugares.

● Situação melhorando na região sul de Minas, porém preocupa a gravidade de novos casos: no Sul de Minas a situação continua melhorando. Mas é preciso atenção em relação à gravidade dos casos que surgem, acompanhando a relação entre o número de internações e número de casos notificados no mês. De maio até julho deste ano esse índice subiu, registrando 0,06 em maio, 0,07 em julho e 0,09 em julho. É de se esperar que com o avanço da vacinação o número de casos graves diminua e os casos entre os mais jovens continue gerando menos internações. O aumento desse índice pode estar associado à maior circulação de variante mais agressiva, como a delta. É fundamental a vigilância genômica para identificação de variantes de preocupação.

● Taxa de incidência na região sul de Minas: a região Sul continua registrando queda na taxa de incidência diária média na semana, mas há duas semanas o estado mantém esse indicador estável. Pela primeira vez neste ano, a taxa diária de novos casos na semana ficou abaixo do registrado no início de 2021 na região. Em número médio de novos casos por dia na semana, o sul mineiro registrou 648, valor abaixo de 700, o que não acontecia há quase quatro meses. A tendência de novas internações na região voltou a declinar, registrando na semana 43 novas internações em média por dia, o que não era visto desde o último dia 14 de março. Em novos óbitos, a região também manteve tendência de diminuição. O número médio de óbitos diários caiu de 22 para 17. Também na região Sul observamos uma evolução desigual nas tendências dos indicadores, ocorrendo frequentes oscilações entre melhora e piora.

● Pandemia ainda não controlada: o controle da pandemia não está consolidado, a cobertura vacinal completa atingiu apenas 19% da população total do Sul do estado. Em relação ao início deste ano, em média por dia na semana, ainda registramos 67% a mais de novos casos, 2,5 vezes mais novos óbitos e 1,5 vezes mais novas internações.

● Panorama da pandemia nos dez municípios mais populosos da região: entre os dez mais populosos municípios do Sul de Minas, nenhum apresentou crescimento na tendência da incidência. Oito dos dez apresentaram queda neste indicador. Apenas Lavras manteve estabilidade nesse indicador e Três Pontas passou de diminuição para estabilidade. Na tendência de novas internações apenas São Sebastião do Paraíso foi de diminuição para crescimento, a maioria dos demais apresentou diminuição (Poços de Caldas, Varginha, Lavras, Itajubá, Alfenas e Três Corações) ou estabilidade (Pouso Alegre, Passos e Três Pontas). Em novos óbitos, apenas Lavras apresentou tendência de crescimento; os demais registraram estabilidade (Poços de Caldas, Varginha, Passos, Itajubá e Três Corações) ou diminuição (Pouso Alegre, Alfenas, São Sebastião do Paraíso e Três Pontas). Considerando os três indicadores houve melhora do quadro epidemiológico no conjunto dos dez mais populosos municípios sul mineiros. Acesse na íntegra: 

Link da publicação: https://www.unifal-mg.edu.br/portal/2021/08/04/boletim-epidemiologico-no-33-02-08-2021-situacao-epidemica-de-covid-19-em-minas-gerais-e-no-sul-de-minas/

Acesse todas as edições do boletim: https://www.unifal-mg.edu.br/portal/indicadores-covid-19/

*Com informações da UNIFAL-MG

AMBULATÓRIO DE SÍNDROME GRIPAL JÁ REALIZOU QUASE 3 MIL ATENDIMENTOS EM POÇOS


O Ambulatório de Síndrome Gripal Clodoveu Davis, no Hospital Margarita Moralles, em Poços de Caldas, no Sul de Minas, completou neste mês de julho o total de 2.755 atendimentos. Só neste mês de julho foram realizados 1.622 atendimentos, já no mês de junho foram 1.133 atendimentos.

O secretário municipal de Saúde, Carlos Mosconi destacou a importância deste atendimento a população da Zona Sul. 

“O Ambulatório de Síndrome Gripal na Zona Sul voltado principalmente para os atendimentos dos casos de COVID-19 foi criado para atender a demanda daquela região, diminuindo assim o atendimento do próprio Hospital Margarita Moralles e também do Hospital de Campanha. A iniciativa se mostrou correta, uma vez que nestes dois meses atendemos quase 3 mil pessoas. Conseguimos montar as instalações e equipamentos adequados e com equipes de profissionais bem capacitados para o atendimento. A população por sua vez tem se mostrado satisfeita com essa ampliação”.

As adequações no local foram fundamentais para ampliar de maneira substancial os atendimentos de síndromes gripais em Poços.

O local, é um anexo do Hospital Margarita Moralles e funciona todos os dias, das 07h às 19h. O ambulatório conta com uma sala de espera e outra de triagem, dois consultórios médicos, sala de medicamentos, sala de inalação e coleta de exames.

SISTEMA PRISIONAL DE TRÊS CORAÇÕES RECEBE PROJETO DE CULTIVO DE HORTA ORGÂNICA


O projeto de cultivo de horta orgânica em Três Corações, no Sul de Minas, desenvolvido pelas secretarias municipais de Desenvolvimento Social e de Meio Ambiente passa a ser realizado também na Penitenciária de Três Corações. O trabalho conta também com a contribuição de voluntários e da EMATER-MG, na doação de mudas de hortaliças.

Com o projeto, os próprios detentos ajudam na preparação do solo e no cultivo de verduras e legumes com apoio dos servidores do sistema prisional e orientação de equipe técnica das secretarias.

A proposta é de ampliar o cultivo de hortas comunitárias em outras áreas, como por exemplo, no Centro do Idoso e nos CRAS. O projeto conta com parcerias para doação de insumos, sementes e até de áreas para o cultivo de novas hortas.

Casa de Passagem
Na Casa de Passagem de Três Corações, que acolhe moradores em situação de rua, o projeto já é desenvolvido e rende alimentos de qualidade que abastecem o próprio local e, também, é distribuído para famílias cadastradas em programas de assistência social do município.

São cultivados no local alface, chicória, couve-flor, repolho, beterraba, cenoura além de tomate-cereja e morango. Interessados em apoiar o desenvolvimento de mais esse projeto social, podem entrar em contato no telefone (35) 3232-3441.

PLENO ELEGE E EMPOSSA MAURI TORRES COMO PRESIDENTE DO TCE

Conselheiro Mauri Torres assume o TCEMG pela segunda vez

O Tribunal Pleno do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCEMG) se reuniu, em sessão extraordinária, na manhã desta quarta-feira, dia 4, para eleger o novo presidente da Corte de Contas que irá completar o biênio do ex-presidente, conselheiro José Alves Viana. A eleição foi conduzida pelo presidente em exercício, conselheiro Gilberto Diniz, que, após a divulgação do resultado, deu posse ao conselheiro Mauri Torres, eleito pela unanimidade do Pleno.

Presidente em exercício, conselheiro Gilberto Diniz empossa o novo presidente, conselheiro Mauri Torres

O presidente Mauri Torres agradeceu ao conselheiro José Alves Viana e disse que o ex-presidente “sempre foi gentil, correto e, cumprindo as obrigações do cargo, fez um sacrifício de ficar este tempo na presidência. Nós sabemos das dificuldades de um gestor público, não só aqui, mas em todas as funções e, às vezes, essas são decisões difíceis de tomar e que nos deixam ansiosos. ”

O novo presidente declarou que pretende fazer uma gestão compartilhada e em harmonia com todos e disse que a cordialidade é peculiar ao povo mineiro, que é um povo de conversar e de tentar resolver as dificuldades com habilidade e respeito.

Ascensão ao TCEMG
Em 2010, Mauri Torres foi reeleito e conquistou seu sexto mandato (17ª Legislatura) como deputado estadual. Em 14 de julho de 2011, foi nomeado conselheiro do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais, cuja posse se deu em 31 de agosto.

Em 2019, foi eleito presidente do Tribunal de Contas do Estado de Gerais e esteve à frente da Corte de Contas até o dia 17 de fevereiro deste ano. Sendo assim, torna-se dirigente do órgão pela segunda vez.