quinta-feira, 18 de abril de 2019

JORNADA UNIVERSITÁRIA EM DEFESA DA REFORMA TERÁ INÍCIO NA PRÓXIMA SEGUNDA, EM LAVRAS


Começa na próxima segunda-feira, 22, a Jornada Universitária em Defesa da Reforma Agrária (JURA). A iniciativa, com abrangência em todo país, surgiu no 2º Encontro Nacional de Professores Universitários com o Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), realizado em 2013, deliberou-se que as universidades que têm núcleos e grupos de trabalho da reforma agrária, ou outros instrumentos em defesa dos movimentos populares do campo, da reforma agrária passariam a fazer ações simultâneas, para repercutir internamente, no ambiente acadêmico, e externamente, para a sociedade e para os meios de comunicação de massa, temas ligados à reforma agrária popular.

A Jornada está na 6ª edição e é realizada anualmente em diversas instituições por todo o país para marcar o Dia da Luta Camponesa (17 de abril), que homenageia os 19 Sem Terra assassinados no massacre de Eldorado de Carajás, no Pará, em 1996. O tema deste ano é “Questão Agrária, Direitos Humanos e Educação Pública”.

Na Universidade Federal de Lavras (UFLA), a JURA terá início na próxima segunda-feira, 22, e se estenderá até o próximo dia 26, estando sob a coordenação do professor Celso Vallin, do Departamento de Educação (DED) e o evento está registrado no SIG Eventos da instituição.

A abertura, na segunda-feira, 22, ocorrerá às 18h, no Anfiteatro do DED, com a apresentação do teatro "História da Reforma Agrária". Já na terça-feira, 23, entre a programação prevista consta um debate com o tema "Impactos socioambientais: mineração, agronegócio e energia".

Para maiores informações, bem como se inscrever nas atividades e conferir a programação completa da JURA 2019, clique aqui.

Nenhum comentário: